papa-e-abc.jpg

 

           No segundo encontro deles em dezoito meses, o Papa Francisco e o Arcebispo Justin Welby hoje comprometeram-se de novo resolutamente à luta contra escravidão moderna e tráfico de seres humanos.

          Seguindo o primeiro encontro deles no ano passado, esses líderes globais têm falado continuamente para desfiar esse crime contra a humanidade, e também agiram decisivamente para apoiar a fundação do novo rede de liberdade global, baseado em fé. Os dois endossaram esse rede como uma força crucial na luta para livrar o mundo de um mal global.

         O Papa Francisco e o Arcebispo Justin também falaram sobre áreas em conflito e como igrejas em todo o mundo são chamadas por Cristo, o nosso reconciliador, para agir como pacificadores. Eles descreveram a paixão cristã deles para pacificação em lugares dilacerados pela guerra, e eles se comprometeram compromisso contínuo para agir como agentes de reconciliação e justiça restaurativa.

       O Papa e o Arcebispo também falaram da valorização deles do trabalho recente da Comissão Internacional Anglicana e Católica Romana (ARCIC) seguindo a reunião dela em África do Sul. Os encargos de divisão continuam mas as oportunidades de colaboração e uma compreensão mais profundo entre as duas comunhões mundiais são convincentes e oportunas.

 

Texto: Palácio de Lambeth

  10310666_10152498806287594_9196860652328293711_n.jpg

 

   

Na véspera da Festa de Pentecostes a Diocese Anglicana de Brasilia realizou uma linda festa  com o lançamento da pedra fundamental da construção do Centro Social Anglicano – Rev Guilherme e Ivonete Luz.

O Centro Social será um espaço para desenvolvimento da Diaconia Social da Igreja no bairro da Vila União, no Pedregal.

A Vila União é resultado de um processo de ocupação de pessoas sem teto  que ocorreu em 1991, e o Rev Guilherme Luz acompanhou as famílias nesta ocupação, e ao final uma área de 125m² ficou separado para a Igreja realizar um projeto social.

Atualmente há o atendimento diário a 55 crianças. Com a construção do Centro Social o atendimento crescerá para 150 crianças diária e diretamente, e mais de 900 pessoas serão atendidas indiretamente.

O Centro Social será um espaço para o uso no bairro, um espaço para reuniões comunitárias; contará com uma cozinha, 3 salas de aula, uma sala de informática e um salão para reuniões.

Com a construção do Centro Social a Diocese Anglicana de Brasília estará cumprindo um importante  passo em seu planejamento estratégico.

 

img_3687.jpg    10358582_10152498806972594_6335159402488501121_n.jpg 10402530_10202307910275967_5030682964508581639_n.jpg

Texto: Dom Mauricio Andrade

Fotos: Arquivo DAB